Como escolher um Perfume

O perfume é vivo como a pele. É a sua pele que determina qual o melhor perfume para você. É falso acreditar que existam perfumes para loiras e perfumes para morenas.
A melhor ocasião para escolher um perfume é no final da manhã ou no meio da tarde, quando o fígado e a vesícula são menos sensíveis. Jamais use perfume imediatamente antes de uma refeição.
O perfume mais caro não é necessáriamente o que rende melhor na sua pele. Não compre jamais um perfume ao acaso. Afinal, um perfume no seu corpo é parte de sua identidade.
Ao entrar numa perfumaria nunca experimente mais de três fragrâncias. Além disso, jamais sinta um perfume no gargalo do frasco. Você só sentirá o álcool em evaporação.
A cor dos perfumes geralmente é natural. Um bom perfumista teme adulterar a arquitetura dos seus aromas com acréscimo de um corante.
Para um perfume caro render mais, compre também outros produtos da mesma linha. A água-de-toalete ou o sabonete ajudarão a conservar, em seu corpo, o mesmo aroma que você escolheu no extrato.
Jamais conte à vendedora o perfume que você usava antes. Assim você poderá experimentar as novidades com mais tranquilidade.
A melhor maneira de testar um perfume é vaporizá-lo num lenço para perceber todas as sua nuances.
Os melhores pontos para usar perfumes são os cabelos, os pulsos e as roupas.
Não compre um perfume apenas pela propaganda. Afinal, a escolha vai revelar um lado íntimo da personalidade e isto merece atenção especial.
Quando um perfume é bom, todos os seus componentes têm a mesma rapidez de evaporação. Assim, durante horas, seu aroma deve ser constante.
Não se deve guardar um perfume mais de oito ou dez meses. Além disso, todo frasco depois de aberto começa a evaporar. É por isso que frascos menores são mais aconselháveis do que vidros enormes.O modo mais prático de usar um perfume é com vaporizador, mas sempre evitando o triângulo entre o nariz e os ombros.
Anúncios